“E a paz de Deus, que excede todo entendimento guardará o vosso coração e os vossos sentimentos. Filipenses 4:7

Há muitos males e ameaças que afligem hoje ao homem: alimentação, saúde, trabalho, segurança, habitação, paz…

Além dos aspectos físicos o homem ainda tem que enfrentar os conflitos da sua existência. Com isto vem o medo, a indecisão, a decepção e às vezes até a frustração seja profissional, ou pessoal, o homem se sente desprotegido e indefeso. Não sabe como se preservar.

Todas essas coisas são inerentes ao homem do nosso tempo. Quando o apóstolo fala, ele está falando para um povo que crê e confia no poder e na bondade de Deus. Podemos entender que os votos de Paulo são para que o homem, ao confiar em Deus tenha ao invés da afetação do mundo, o socorro do Senhor.

Hoje presenciamos lares onde tudo o que descrevemos acima pode estar ocorrendo na família. Mas nós sabemos que o desejo de Deus é cumprir em favor do homem todo o seu poder a sua bondade. Conceder paz. Conservá-los em paz.

Por isso, quando nos reunimos em um lar é porque queremos, desejamos o melhor para este lar. Quando queremos o melhor, desejamos o melhor, desejamos que no exercício da verdadeira fé nesta hora, ‘A paz de Deus’ esteja guardando, e confirmando a alegria, a salvação, a saúde, a alegria, a fé nestes corações. Que estes desejos se cumpram todos os dias, para a alegria e as muitas vitórias deste lar.

Lembramos ainda que, a paz que Deus oferece ao homem, não é como as pessoas imaginam. A paz de Deus “excede” vai além da razão humana. É sentida e se estabelece na alma. Transforma as ações e as reações do homem, e lhe dá equilíbrio para enfrentar as adversidades naturais da vida e o sustenta na presença e comunhão com o Criador.

A paz de Deus está concedida através de Jesus aos que crêem no seu nome. “A minha paz vos dou…” A paz de Deus, não deixa o coração se angustiar, se desesperar, porque essas coisas adoecem ao homem. A paz de Deus preserva, dá saúde, dá alegria, dá esperança ao coração do homem.

Quando o lar esta estabelecido na presença de Deus e com a paz de Deus, os sentimentos que permeiam este lar são sentimentos de: respeito, lealdade, honestidade, amor, fé, perdão, longanimidade. São estas coisas que faltam aos lares de hoje. Eles se expõem à guerra, portanto, mesmo que até hoje o seu lar tenha ficado, ou que neste momento esteja longe de Deus, o nosso desejo para você, que participa conosco é que a benção que pedimos a Deus para este lar, também se estenda a você, ao seu lar. Você pode não entender. Não precisa, confie em Jesus, creia em Jesus, Ele é o Príncipe da Paz. A paz do céu. Eterna. Paz que estabelece uma nova mentalidade, que impulsiona o homem para a vida eterna.

“A paz que excede todo entendimento”. Entendimento = Conhecimento. O conhecimento, hoje difundido na sociedade sobre a família, realça mais as dificuldades do que as virtudes, mas com a paz de Deus (Jesus), os lares experimentam algo que vai além, paz que ultrapassa os conflitos e decepções. O lar experimenta uma vida diferente, vitoriosa.

Guardar = Preservar, conservar. Guardar os corações preservando o sentimento (amor). Alguns se justificam dizendo:acabou o amor, acabou o encanto, acabou o diálogo, mas quando Jesus está presente no lar, Ele guarda, o coração, os sentimentos, guarda o amor, guarda o lar, guarda a alegria, guarda a PAZ.

Que os lares, as famílias, que você desfrute deste grande anseio do Apóstolo, que é o anseio de Deus:

“E A PAZ DE DEUS, QUE EXCEDE TODO ENTENDIMENTO GUARDARÁ O VOSSO CORAÇÃO E OS VOSSOS SENTIMENTOS” Filipenses 4:7